Quem sou eu

Minha foto
" 4 - Bem aventurado aquele a quem tu escolhes, e fazes chegar ati, para que habite em teus atrios; nós seremos fartos da bondade da tua casa e do teu santo templo. 5 - Com coisas tremendas em justiça nos responderás, ó Deus da nossa salvação; tu és a esperança de todas as extremidades da terra e daqueles que estão longe sobre o mar; " SALMO 65 (4;5)

terça-feira, 28 de abril de 2015

A misericórdia de Deus


Juízes 21:17
Disseram mais: Tenha Benjamim uma herança nos que restaram, e não seja destruída nenhuma tribo de Israel.

O versículo 17 mostra que Deus concedeu misericórdia aquela povo, mas, não somente aquela tribo mas a toda a nação.

Este evento mostra como Deus tratou não somente a tribo que não puniu homens que cometeram estupro e morte de uma mulher, mas toda a nação que estava toda desviada dos preceitos de Deus e confiaram no grande número de um exército.

A misericórdia de Deus vem desde sempre.:

Adão e Eva - Quando pecaram, ali poderia ter sido tudo acabado, mas Deus decretou uma punição, mas, não o extermínio da humanidade. Mesmo tendo esta prerrogativa e autoridade para tal ação. Mas pela misericórdia nos concedeu a existência.. .Por que nós?

Caim e Abel - Determinou punição a caim mas não o exterminou, concedeu a Eva  um novo filho, Sete, para que a multiplicação do ser humano continuasse de maneira a ter uma vertente que agradasse a Deus, e assim,  por duas vertentes.. não apenas de caim.

Noé  e sua família - Mais uma prova da misericórdia de Deus, mesmo sabendo que posteriormente o homem se desviaria novamente.                                                                                                                                                              
Abraão e Sara - Chamado no meio dos caldeus, um povo idolatra, sacrificava seus filhos como simples rito religioso, mas, Deus o chamou para servir ao Deus verdadeiro, e não permitiu que sacrifica-se Isaque.

Da descendência de Abração - José passou mais de uma década preso, e foi elevado a Governador, para que se cumprisse o plano de salvação de muitos. Deus não age conforme a vontade do homem.

Moisés - Levantado do meio do povo de Deus, como herança, depois de ter vivido como príncipe no Egito, preferiu viver entre seus irmãos Israelitas, ferramenta de Deus para mostrar o seu poder e destruir a glória dos deuses e da nação do Egito. Fora as pragas avassaladoras, o mar se abre, o pão desce do céu, água de pedras no deserto. Intercedeu quando Deus ia destruir aquela nação, para começar uma nova linhagem. Misericórdia de Deus.

Entre vários outros personagens onde podemos destacar o plano de salvação e misericórdia de Deus para com os homens. Josué, os Juízes e profestas, Davi, Salomão, os exílios não foram para maltratar a nação mas para preserva-la da extinção, várias foram as atuações do Senhor para preservar, pela misericórdia e amor a raça humana e mesmo assim, muitas vezes, este conhecimento é descrito como lenda, ou, apenas de cunho restrito dentro das paredes dos templos, sejam, eles quais forem.



Veja como são as coisas, como falta o ensino bíblico, começando dentro de casa, sim, será que não somos responsáveis pela orientação espiritual de nossas crianças?

Muitos colocam os filhos para cumprir uma tradição de ensino bíblico, isto é muito importante e louvável, participando das atividades religiosas: Escola dominical, Retiros acompanhados, Catequese, Crisma.. etc..o Ensino das coisas de Deus é essencial, mas será que estamos verificando o que estão aprendendo? Ou apenas deixando que ensinem e orientem sem acompanhamento paterno.

Muitas vezes os jovens crescem sem ter uma visão geral dos ensinos bíblicos, da história bíblica, e do mover de Deus em toda a história conhecida pelo homem. Mas principalmente os planos de Deus para o ser humano, a importância de guardar os preceitos de Deus, e vinda de nosso Senhor Jesus Cristo nesta terra, sua paixão, e expiação para que o homem fosse novamente reconciliado com Deus.

De criança a jovem, e de jovem a adulto, e muitos nunca ouviram falar que Jesus Cristo veio para pagar uma reconciliação com Deus, cumprir um plano de salvação, que toda a Escritura direciona para nosso Senhor, o Cordeiro de Deus, nossa páscoa. E de modo negligenciável, suas consciências são voltadas para a verdade do chocolate ou do homem de vermelho no natal, "verdades" humanas que distorcem a Verdade de Deus.

Uma pessoa sem conhecimento bíblico, pode ser salva? sim, depende da vontade de Deus, quem sou eu para tentar limitá-lo. Mas, se temos esta consciência, e sabemos que Jesus Cristo diz em MT 4-7, que é errado tentar a Deus. Então, por que vamos nos arriscar? 

O ser humano que cresce, principalmente dentro de um lar cristão, e não busca  o conhecimento e os preceitos do Seu Senhor, vive uma vida vazia, mesmo cheia de suas próprias convicções, serão apenas convicções humanas, preceitos humanos. assim, Jesus Cristo os classificou. MT 15:9. Não podemos deixar que nossas convicções nos afastem de Deus, nem amputar os preceitos de Deus em nossas vidas, se não, provavelmente seremos também amputados da presença de Deus.


Se queremos passar a Eternidade com Deus, digo, que comecemos por esta vida.

Dentro da  história de Juízes podemos observar alguns pontos:

- Que permanência e existência do homem, é, e somente será pela misericórdia de Deus... não que mereçamos e nem que Ele seja obrigado, mas pela Graça de Deus, para nossas vidas.

- Que Deus é Deus. Sempre foi e sempre Será. .que age de maneira que o homem não entende, que seu mover não vai de acordo com a nossa vontade, mas da forma que Ele determina.

- Que Deus pune de acordo com sua Justiça.Ele tem esta autoridade, e, a usa quando e da forma que determinar, não temos nada e nem podemos reclamar do que quer que seja, pois, nos deu e nos dá todas as oportunidades...

- Que usa de várias formas para tratar os seus: Diretamente por Ele, pelos estrangeiros, e pela própria nação.

- Que no evento de quase extinção de uma tribo, Deus primeiramente mostrou que sem Ele, 11 tribos seriam derrotadas por apenas 1. E que os preceitos de Deus é que traz a paz e força de uma nação, não "sabedoria e arrogância" de um povo, e muitos menos a grandiosidade de um exército.



Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

sábado, 25 de abril de 2015

Interpretem por Nós!

MATEUS 15
14 Deixai-vos; são condutores cegos; ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova.

A paz do Senhor irmãos!

Irmãos, mais um ensino do Senhor Jesus Cristo, uma verdade de Deus para os homens, e sendo verdade, para muitos, será uma palavra de grande valor e sabedoria para ser aplicada aos irmãos! e as outras igrejas, e nunca na própria "realidade", que conduz ou que congrega. A vontade do ser humano e rechaçar todo tipo de agressão, e até por palavras, assim fizeram os líderes religiosos do tempo de Jesus Cristo, ao receberem correção, preferiram matar, do que mudarem suas condutas, nem mesmo cogitaram em analisar o que lhe fora dito. MT 12: 9 ao 14.


Quantos de nós hoje, temos recebido a correção de Deus e preferimos, "matar".

Jesus Cristo nos diz, que primeiro temos de tirar a trave de nossos olhos, sim. Se todos nós       fizéssemos nossa parte, então, não haveria necessidade de olhar o cisco de nos olhos de nossos irmãos. 

Nós não tiramos a trave de nossos olhos por vários motivos:
- Não queremos nos sujeitar a ensinos tão defasados, que não condizem com a realidade atual.

- Buscamos criar, baseados somente em alguns princípios bíblicos, nossos próprios caminhos, que possamos caminhar confortavelmente dentro da nossa perspectiva de sermos cristãos.

- Dentro de nossas denominações, recebemos ensinos com teorias e teologias sem ao menos saber o que realmente está escrito nas Escrituras.

- Não queremos buscar na fonte, mas sim, queremos e nos acomodamos a receber a água onde estamos, sentados. Tudo que nos é entregue, aceitamos sem fazer uma análise, se realmente é coerente ou não.

- Primamos mais a tradição de ensino e teologia em que "vivemos" do que realmente possa ser a vontade de Deus.

- Interpretam por nós, não queremos correr o risco de sermos excluídos do seio da "igreja" ou familiar, ou da "comunidade" religiosa a qual nos sentimos ricamente inseridos.

Assim matamos os ensinos do Senhor em nossas vidas. Se não retiramos a trave de nossos olhos, isto é, se não começamos o tratamento por nós mesmos, como queremos transmitir prática de vida sob a vontade de Deus.

Assim continuaremos sendo cegos, conduzidos por cegos, e o fim, o Senhor Jesus Cristo já pronunciou - cairemos juntos na mesma cova.

As denominações, as "entidades igrejas", e principalmente quem as conduzem: dirigentes, pastores, apóstolos, "anjos e querubins', ministros, reverendos, padres, papas. etc., e sejam, quaisquer que forem os títulos, alçados e requeridos. Não podem e não devem ser colocados acima de Deus - Pai, Filho e Espírito Santo de Deus. Não podem colocar uma tradição acima da Palavra de Deus. Se a igreja perder a Base Bíblica, que é a fundação, perdeu-se toda a obra, pois, sem a sustentação que é Jesus Cristo, tudo cairá.

Não é rebeldia, buscar o entendimento das interpretações que fazem por nós, rebeldia é deixar de fazer isto, se não for assim, poderemos ser rebeldes a verdade Bíblica. Ficamos na inércia do entendimento, pois, não queremos gastar nosso tempo precioso, estudando a Palavra, e muito menos orando para receber do SENHOR o entendimento verdadeiro.

Que possamos Orar ao SENHOR em busca de  verdadeiro entendimento. Que possamos, avaliar nossas condutas, ações e como estamos analisando tudo que nos chega como alimento, segundo a base Bíblica, e que não temamos rechaçar algum ponto, ou, alguma situação ou direção que não seja do Senhor. 


Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

O Desejo da Eternidade, é, Viver o Reino de Deus.

MATEUS 15

13 Ele, porém, respondendo, disse: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada.


A paz do Senhor irmãos!

Irmãos, mais um ensino do Senhor Jesus Cristo, que temos de estar alertas, uma verdade de Deus para os homens, e mesmo sendo verdade, para muitos será considerada dura demais, para outros, uma perspectiva abstrata, e finalizando com a visão pessoal de vários de que isso vale para os outros. Porém, por ser verdade, não pode ser considerada dura, mas sim objeto de atenção.


O Senhor tem dito, e isto serve para todos nós:

MT 22
14 Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.

Podemos entender pelo menos dois grupos, mas que dependendo da ótica ou interpretação se tornam três grupos de pessoas, e assim provavelmente discordando de muitos. Antes, uma consideração tem de ser feita, a Palavra de Deus é para todos, todos temos acesso e não está escondida, não está do outro lado do mar, nem tão pouco em outro planeta, está acessível, em todos os sentidos, principalmente em nossos corações, nos propondo a vida e a morte, e Deus abre a sua vontade, para que escolhamos a Vida.  DT 11 ao 16.


Grupos:
1 - Pessoas que não são chamadas, as plantas que serão arrancadas MT 15:13, o joio lançado no campo pelo inimigo MT 13:38, os peixes ruins jogados fora MT 13:48, Na consumação dos séc. na vinda dos anjos, onde, as pessoas ruins serão separadas das boas. MT 13:49.

2 - Pessoas que são chamadas. Dentre estes muitos "Viveram" para as coisas de Deus, porém, seu coração não se desviou das coisas do mundo, e principalmente de sua própria concepção, criou um caminho alternativo para seguir, algo que atende-se sua visão dentro e fora da Palavra de Deus. MT 15: 1 ao 9. Jesus Cristo chamou estas invencionices de - preceitos de homens.

3 - Pessoas que são chamadas. Dentre estes muitos fugiram de Deus, mas, em algum ponto da vida, isto pela misericórdia e graça de Deus, foram repatriados, vivem lutando para não transpassar o direcionamento do Senhor. Somos todos pecadores sem dúvida, nascemos pecadores, mas não podemos nos aceitar viver para o pecado. E nesta luta diária, tentar o máximo que possamos não nos desviar do que agrada a Deus, sabendo que para isto, temos de deixar nossos achismos de lado, nosso orgulho, nossa arrogância, e principalmente o vislumbramento que temos apenas de nossa vida, o "eu", e olhar para o nosso próximo.


Dependendo da ótica e da abordagem deste tema, será distinguido apenas dois grupos, onde o primeiro e o segundo se enquadram no mesmo nível. Mas isto não é o mais importante, o que é necessário entender é a mensagem da Palavra de Jesus Cristo. Todos somos chamados de alguma forma e o desejo de nossos corações e as ações de nossas vidas devem ser condizentes, isto é, se queremos viver eternamente com Deus, que também possamos viver isto em nossas ações e vidas aqui na terra. Enquanto há vida e esperança, há tempo de se arrepender e se voltar ao Senhor.


Que possamos viver nesta vida o desejo da eternidade. Isto é, viver o reino de Deus.


Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Nos Libertando da busca pela liberdade! Para nos entregarmos verdadeiramente a Cristo.


A paz do Senhor irmãos!

Uma das máximas do cristianismo e do evangelismo, é que a Palavra chegue e seja pregada em todo o mundo, ou seja, " A IGREJA NÃO SE CONFORMANDO COM O MUNDO MAS SENDO INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO, SENDO O SAL DA TERRA"  -  Mas uma preocupação roubou a cena, pois, surgiu outra máxima - " AO INVÉS DA IGREJA TRANSFORMAR O MUNDO, O MUNDO ESTÁ TRANSFORMANDO A IGREJA"


Tantos ritos e rituais, teologias e filosofias estão entrando dentro das igrejas, que a diluição do evangelho em meio as influências externas, estão deixando parte e ou pontos importantes sem a atenção necessária, passando desapercebidos em meio a "legalidade" das mercadorias e aceitação pela sociedade. 

Um alerta para todos nós, igrejas do Senhor.


*Pornografia & Prostituição

Qual o problema em gostar um pouco de pornografia?


Por: Rev. Augustus Nicodemus

Afinal, o que é pornografia mesmo? Alguém já disse que é mais fácil reconhecer a pornografia do que defini-la.

Os dicionários nos dizem que pornografia é o caráter imoral ou obsceno de uma publicação. Material pornográfico é aquele que descreve ou retrata atos ou episódios obscenos ou imorais. Essas definições não ajudam muito pois conceitos como "obscenos" e "imorais" são bastante subjetivos no mundo de hoje.

Classificar material pornográfico em "soft" (nudez e sexo implícito) e "hardcore" (sexo explícito contendo cenas de degradação, violência e aberrações) só ajuda didaticamente. Para muitos, Playboy é uma revista pornográfica. Para outros, não. Entretanto, da perspectiva da ética bíblica, a definição acima é mais que suficiente.

A popularidade da pornografia É exatamente pela complexidade do assunto, agravado pela omissão de boa parte das igrejas no Brasil, que muitos evangélicos estão confusos quanto ao mesmo, e não poucos são viciados em alguma forma de pornografia.


Aqui estão as minhas razões para essa constatação:


1) A tremenda popularidade da pornografia no mundo de hoje. Uma estatística de 1995 revelou que os americanos gastam mais em pornografia do que em Coca-Cola. Não é difícil de imaginar que a situação no Brasil não seria muito diferente. Até países antigamente fechados, como a China, em 1993 assistiu a uma enxurrada de material pornográfico em seus limites, após ter aberto, mesmo que um pouco, as suas fronteiras para receber ajuda estrangeira. Mensalmente, cerca de 8 milhões de cópias de revistas pornográficas circulam no Brasil.

Em 1994 a venda de vídeos pornôs chegou perto de 500 milhões de dólares. Não é de se admirar que as locadoras reservam cada vez mais espaço nas prateleiras para esses vídeos. Segundo uma pesquisa, em 1992, 1 a cada 4 brasileiros assistiu a um filme de sexo explícito. O mesmo fizeram 13% das mulheres entrevistadas. Em 1995 esse número dobrou para os homens e aumentou um pouco em relação às mulheres.



2) A imensa facilidade para se conseguir material pornográfico no mundo de hoje. Como na maioria dos demais países "civilizados" (uma conhecida exceção é o Irã) material pornográfico pode ser encontrado e consumido facilmente no Brasil em diversas formas: cinema, canais abertos de televisão, televisão a cabo e no sistema "pay-per-view", internet, fitas de vídeo, CD-ROMs com material pornográfico, gravuras, exposições de arte erótica, livros, revistas e vídeogames, entre outros. Parece não haver fim à criatividade do homem em utilizar-se dos avanços tecnológicos para a difusão da pornografia.

Como disse o escritor francês Restif de la Bretone no século 18, "La dépravation suit le progrès des lumières" ("A depravação segue o progresso das luzes"). O que tem de mais em ver pornografia? Muito embora os evangélicos em geral sejam contra a pornografia (alguns apenas instintivamente) nem todos estão conscientes do perigo que ela representa.



Menciono alguns deles em seguida:


1) Consumir deliberadamente material pornográfico é violar todos os princípios bíblicos estabelecidos por Deus para proteger a família, a pureza e os valores morais. A própria palavra "pornografia" nos aponta esse realidade. Ela vem da palavra grega pornéia, que juntamente com mais outras 3 palavras (pornos, pornê e pornéuo) são usadas no Novo Testamento para a prática de relações sexuais ilícitas, imoralidade ou impureza sexual em geral. 

Freqüentemente essas palavras de raiz porn- aparecem em contextos ou associadas com outras palavras que especificam mais exatamente o tipo de impureza a que se referem: adultério, incesto, prostituição, fornicação, homossexualismo e lesbianismo. O Novo Testamento claramente condena a pornéia: ela é fruto da carne, procede do coração corrupto do homem, é uma ameaça à pureza sexual e devemos fugir dela, pois os que a praticam não herdarão o reino de Deus. A pornografia explora exatamente essas coisas — adultério, prostituição, homossexualismo, sadomasoquismo, masturbação, sexo oral, penetrações com objetos e — pior de tudo — pornografia infantil, envolvendo crianças de até 4 anos de idade.



2) Consumir deliberadamente material pornográfico é contribuir para uma das indústrias mais florescentes do mundo e que, não poucas vezes, é controlada pelo crime organizado. Segundo um relatório oficial em 1986, a indústria pornográfica nos Estados Unidos é a terceira maior fonte de renda para o crime organizado, depois do jogo e das drogas, movimentando de 8 a 10 bilhões de dólares por ano. Acredito que o quadro é ainda pior hoje.


A indústria da pornografia apoia e promove a indústria da prostituição e da exploração infantil. O dinheiro que pais de família gastam com pornografia deveria ir para o sustento de sua família. Alguns podem alegar que consomem apenas material soft contendo somente cenas de nudez — esquecendo que esse material é produzido pela mesma indústria ilegal que produz e distribui a pornografia infantil.

Pornografia e a escalada da violência Não são poucos os relatórios feitos por comissões de pesquisadores que denunciam a estreita relação entre a pornografia e a crescente onda de estupros, assédio sexual e exploração infantil nos países "civilizados". Vários dos temas mais comuns em pornografia do tipo hardcore incluem cenas de seqüestro e estupro de mulheres, geralmente com espancamento e tortura, além de outras formas obscenas de degradação. A mensagem que a pornografia passa aos consumidores é que quando a mulher diz "não" na verdade está dizendo "sim", e que se o estuprador insistir, ela não somente aceitará como também passará a gostar. Assim, a violência contra a mulher é exposta como algo válido e normal.

A mulher é vista como objeto sexual a ser usado ao bel-prazer dos homens. Uma outra forma de hardcore é a pornografia infantil. Esse material exibe cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes. Em alguns casos, crianças aparecem assistindo a cenas de sexo oral por adultos, em outras, são violentadas e estupradas por adultos. Já em outras, fazem sexo entre si. 

Esse material ilegal, mórbido, desumano e obsceno está disponível pela Internet até mesmo em servidores estacionados em universidades federais, conforme denúncias de jornais em dias recentes. Grandes provedores têm seções onde usuários podem bater papo sobre sexo e trocar imagens de sexo explícito com crianças, algumas delas tão degradantes, segundo uma denúncia feito pelo Instituto Gutemberg em Julho de 1997, que faz da revista "Penetrações Profundas" uma publicação para freiras.

Associado com a pornografia hardcore está o surto de violência sexual contra as mulheres e crianças nas sociedades modernas onde esse material pode ser obtido facilmente. Estudos por especialistas americanos mostram que existe uma estreita relação entre pornografia e a prática de crimes sexuais. Eles afirmam que 82% dos encarcerados por crimes sexuais contra crianças e adolescentes admitiram que eram consumidores regulares de material pornográfico. O relatório oficial do chefe de polícia americano em 1991 diz: "Claramente a pornografia, quer com adultos ou crianças, é uma ferramenta insidiosa nas mãos dos pedofílicos [viciados em sexo com crianças]". 

A pornografia está estreitamente associada ao crescente número de estupros nos países civilizados. Só nos Estados Unidos, o número conhecido pela polícia cresceu 500% em menos de 30 anos, que corresponde ao aumento da popularidade e facilidade em se encontrar material pornográfico.

Cerca de 86% dos condenados por estupro admitiram imitação direta das cenas pornográficas que assistiam regularmente.

Crentes "voyeurs"? Há boas razões para acreditarmos que o número de evangélicos no Brasil que são viciados em pornografia é preocupante. Pesquisadores estimam que nos Estados Unidos cerca de 10% dos evangélicos estão afetados. 

Considerando que no Brasil a facilidade de se obter material pornográfico é a mesma — ou até maior — que nos Estados Unidos, considerando que a igreja evangélica brasileira não tem a mesma formação protestante histórica da sua irmã americana, considerando a falta de posição aberta e ativa das igrejas evangélicas brasileiras contra a pornografia, como acontece nos Estados Unidos, não é exagerado dizer que provavelmente mais que 10% dos evangélicos no Brasil são consumidores de pornografia.

Talvez esse número seja ainda conservador diante do fato conhecido que os evangélicos no Brasil assistem mais horas de televisão por dia que muitos países de primeiro mundo, enchendo suas mentes com programas que promovem a violência e o erotismo, e assim abrindo brechas por onde a pornografia penetre e se enraize. Mais preocupante ainda é a probabilidade de que grande parte desse percentual é de jovens evangélicos adolescentes.

Uma pesquisa feita por Josh McDowell em 22 mil igrejas americanas revelou que 10% dos adolescentes havia aprendido o que sabiam sobre sexo em revistas pornográficas. 42% deles disse que nunca aprendeu qualquer coisa sobre o assunto da parte de seus pais. E outros 10% confessaram ter assistido a um filme de sexo explícito nos últimos 6 meses.

Uma extrapolação, ainda que conservadora, para a realidade das igrejas brasileiras é de deixar pastores e pais em estado de alarme. O escândalo envolvendo o pastor Jimmy Swaggart em 1988 revelou abertamente uma outra face do problema, que há pastores evangélicos que também são viciados em pornografia. Uma pesquisa feita em 1994 entre pastores evangélicos americanos revelou uma relação estreita entre o consumo de pornografia e a infidelidade conjugal. Por causa do receio de serem apanhados e de estragarem seus ministérios, muitos pastores optam por consumir pornografia como voyeurs a praticar o adultério de fato, embora alguns acabem eventualmente caindo na infidelidade prática.

Quando eu me preparava para escrever esse ensaio, li diversos artigos sobre pornografia publicados em revistas americanas e européias de aconselhamento pastoral. Muitos deles são abertamente dirigidos para ajudar pastores viciados em pornografia. Falta de decência Infelizmente parece que estamos nos acostumando à falta de decência.

Tornamo-nos como os pagãos. Temos a mesma atitude que eles têm para com a nudez e a exposição dos órgãos sexuais. A arqueologia revelou que em muitas das paredes dos templos pagãos cananitas, que foram destruídos pelos israelitas quando conquistaram a terra (Lv 26.1; Nm 33.52), havia desenhos de órgãos sexuais masculinos e femininos. Essas são as formas mais antigas de pornografia que conhecemos.

Os cananitas aparentemente representavam os órgãos genitais nas paredes para excitar os adoradores e estimulá-los à prática da prostituição sagrada. Os israelitas, em contraste, tinham uma atitude totalmente diferente quanto à exposição dos órgãos sexuais. Em suas Escrituras Sagradas estava escrito que Deus cuidou em cobrir a nudez do primeiro casal após a queda (Gn 2:25; 3:7-10).

Havia uma preocupação em que as vestimentas cobrissem os órgãos genitais, ao ponto de que havia uma determinação na lei de Moisés de que o sacerdote deveria ter cuidado para não subir as escadas do altar de forma a deixar que seus órgãos genitais ficassem expostos (Dt 20:26). Cão, o filho de Noé, foi condenado por ter visto a nudez de seu pai. A própria Bíblia se refere à genitália de forma reservada, usando às vezes eufemismos como "nudez" (Lv 18), "pele nua" (Ex 28.42), "membro viril" (Dt 23.1), "entre os pés" (Dt 28.57) e "parte indecorosa" (1 Co 12.23), só para citar alguns exemplos. 

Podemos fazer alguma coisa, sim! Acredito que os pastores e as igrejas evangélicas no Brasil podem fazer algumas coisas: ler os estudos e relatórios sobre os efeitos da pornografia feitos por comissões especializadas; pregar sobre o assunto e especialmente dar estudos para grupos de homens; desenvolver uma estratégia pastoral para ajudar os membros das igrejas que são adictos à pornografia; não esquecer que muitos pastores podem precisar de ajuda eles mesmos; criar comissões que se mobilizem ativamente contra a pornografia, utilizando-se dos dispositivos legais que o permitam (uma possibilidade é encorajar os políticos evangélicos a tomar posições bem definidas contra a pornografia); desenvolver uma abordagem que trate da sexualidade de forma bíblica, positiva e criativa; tratar desses temas desde cedo com os adolescentes da Igreja expondo o ensino bíblico de forma positiva; orar especificamente pelo problema.

Não estou pregando uma cruzada de moralização, embora evidentemente a igreja evangélica brasileira poderia tirar bastante proveito de uma. A pornografia é um mal de graves conseqüências espirituais e sociais embora não acredite que devamos fazer dela o inimigo público número 1, como algumas organizações moralistas e fundamentalistas dos Estados Unidos.

Afinal de contas, a raiz desse problema — e de outros — é o coração depravado e corrompido do homem, que só pode ser mudado pelo Evangelho de Cristo. Hitler conseguiu em 4 anos banir da Alemanha todas as formas de pornografia e perversão e incutir na geração jovem de sua época a aspiração por altos valores morais e pela pureza da raça ariana. Os motivos eram errados e o projeto de Hitler acabou no desastre que conhecemos.

Não acabaremos com a depravação moral somente com leis e discursos políticos. Jack Eckerd, um empresário milionário dono de um negócio que rendia mais de 2,5 milhões de dólares por ano, ao se converter a Cristo em 1986, determinou que todas as publicações pornográficas vendidas em suas 1.700 lojas fossem retiradas, mesmo que isso significasse a perda de alguns milhões de dólares anuais. Quando o coração é mudado as mudanças morais seguem atreladas.
http://apaixonadopormissoes.blogspot.com.br/2009_04_01_archive.html


Aterrorizante e preocupante, abaixo algumas sugestões de vídeos, que mostram o perigo que está ao nosso redor, e também, o testemunho de como estas condutas estão mais presente em nossas vidas, do que pensamos e aceitamos.

IMPACTANTE! Os perigos da pornografia! dentro de nossas casas











Que possamos ser libertos da busca pela liberdade, deixarmos de lutar por nós mesmos, e nos entregar a Cristo verdadeiramente.


Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

sábado, 18 de abril de 2015

Esta autoridade Deus não delega.

Mateus 10
28 E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma: temei antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.


A paz do Senho irmãos!

No contexto deste capítulo, onde, o Senhor escolhe dentre a multidão de seus seguidores doze para serem enviados em uma missão de propagação do evangelho, de testemunhos, para serem ferramentas nas mãos de Deus, efetuando curas, libertações e pregações, Jesus os enviou como a autoridade que lhe é inerente, e os orientou sobre todas as circunstâncias que iriam enfrentar.

Dentre elas, a tribulação legal por serem pregadores da Palavra de Deus, e por isso, seriam perseguidos e aprisionados, açoitados e levados a juízos, assim como rejeitaram ao Senhor também o fariam aos seus servos. E com certeza Jesus percebeu o temor em seus corações, o temor natural do homem, em meio as forças governantes, e o temor da morte pela violência ditatorial que se presenciava naquela época.

Em meio as perseguições, temos testemunhos que, muitos viram as costas para o Senhor e o negam. Quem poderá julgar pedro por isso? Se Jesus Cristo pessoalmente o perdoou!

Hoje temos grandes perseguições? Estamos sendo presos pela pregação do Evangelho?

Mas mesmo assim viramos as costas para o Senhor, nas nossas atitudes, no nosso compromisso, naquilo que sabemos que não agrada a Deus, mas que, continuamos a praticar.

Negamos ao Senhor por nos sentirmos envergonhados de falar de Deus nas ruas, no trabalho, na faculdade nas rodas de amigos...e de até ensinar nossos filhos.

O que tememos? 

Uma vez o Senhor me disse: " Não se envergonhe de fazer o bem"

Não temos de nos envergonhar e nem te temer o que os homens podem fazer.

Os homens podem nos prender( na tribulação será assim) nos açoitar, e nos matar. Mas o poder que vão ter, finda nesta ação, até a morte, Deus permite, segundo sua vontade, várias situações e utiliza de vários meios para isto. 

A partir da morte, (que muitos, erradamente, costumam achar que é o fim de tudo),  Deus, e somente Deus, determina diretamente as ações a serem tomadas. 

E sempre temos de lembrarmos que Deus é o Criador, se tivermos de temer alguém, é o Senhor, pois somente Ele pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo. Esta autoridade Deus não delega.



Muitas pessoas "sábias", se ofendem ao ouvir falar da ira de Deus, mas:

Salmo 111
10 O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que lhe obedecem; o seu louvor permanece para sempre.


Então Que possamos adquirir sabedoria em nossas vidas



Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Uma fatia do mercado em todos os sentidos

MATEUS 10

7 E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.

8 Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.


A paz do Senhor irmãos!

quantas distorções temos visto no meio cristão nos últimos tempos, onde estará o divisor de águas, ou, os divisores para haver a diluição do evangelho em meio as práticas utilizadas nas igrejas. 

Quantas pessoas estão anunciando "inúmeras revelações" que vão impactar o conhecimento daqueles "desprovidos" de intimidade com Deus, levando luz ao entendimento de milhares de pessoas e assim, estes, poderem se precaverem e não se afastarem das coisas de Deus. Produtos de todas as estruturas e composições, que vão levar bençãos aos lares e a vida dos fiéis: lenços, meias, chaves, livros, CDs e DVDs, etc. No mercado da fé, podemos também listar, canais com programações fechadas, Emissoras de rádios, planos de saúde, e o que mais não virá? quem sabe até um banco? para onde estamos caminhando!


Espero que não se esqueçam da Usura tão condenada por Deus.

Seria errado criar uma ferramenta financeira e ou comercial,  para ajudar as pessoas mais necessitadas, e também atender de forma justa a todos? Mas quem vai medir esta "justiça" e até onde vai intenção dos corações segundo a vontade de Deus? E os preceitos de Deus podem ser encaixados em entidades voltadas apenas ao financeiro como um banco e onde fica a usura?


Onde se encaixa o versículo 8?

Revelações? Ensinamentos, Curas, Libertação, Ressuscitação dos mortos - Todo poder está em Deus, em todo milagre deve ser dado honras há quem realmente proporciona a ação. E é Deus que o faz. 

De graça recebestes, e de graça dai.

Deus tem cobrado para entregar as revelações? recebendo comissão pela quantidade de milagres operados na igreja ou fora dela? 

Se recebeu de Deus o dom para ministrar curas, algum direcionamento, revelações que possa mudar e edificar a vida de uma pessoa, etc. Qual parte do versículo 8 as pessoas não entendem.

O servo é digno do seu salário sim, mas vender algo que não comprou?

2 Pedro 2
3 E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.


Estamos vivendo o comércio evangélico, da fé e até espiritual.
Uma fatia do mercado em todos os sentidos e em todos os mercados: terreno e espiritual.

Os aproveitadores estão entusiasmados com toda potencialidade de negócios deste horizonte.
O inimigo também está ao redor como leão aguardando o sinal para abocanhar uma parte desta fatia.


Que possamos discernir entre o que vem de Deus e o que o vem do homem.

 

Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

quinta-feira, 16 de abril de 2015

IRREPREENSIVELMENTE 100% ?

Mateus 5
3 Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

4 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;


A paz do Senhor irmãos!

O Senhor ama os que são oprimidos, injustiçados, escravizados, excluídos, mas também, o homem de grandes riquezas não é abominável a Deus, mas sim todos os corações soberbos e os que colocam em primeiro lugar as riquezas ou os desejos de seus corações.

O Senhor fala sobre os pobres de espírito, isto não está ligado a riquezas, e também os que passam por tantas dificuldades de justiça, pois vivem sofrendo opressões daqueles que deveriam zelar pela justiça, mas também fala dos misericordiosos, dentre estes estão, pobres e ricos, nem todos pobres são misericordiosos e nem todos ricos são avarentos. 

Deus busca os limpos de coração e os pacificadores, também não faz distinção entre riquezas e pobrezas, desde que deixem seus corações trabalharem como devem e assim serão chamados filhos de Deus. 

Quando Jesus Cristo foi questionado por um jovem sobre o que devia fazer para herdar a vida eterna, o Senhor o questionou sobre os mandamentos: Não adulterará, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe. O direcionamento do Senhor foi para o cumprimento da Palavra e dos seus direcionamentos, o jovem de pronto se colocou numa posição irrepreensível diante do Senhor, pois testificou que seguia estes mandamentos! Mas qual será que dentre todos os anos de sua vida, não pecou? e guardou todos irrepreensivelmente 100%?

Jesus cristo conhecedor de todos os corações o colocou em prova, e logo o coração daquele jovem foi exposto, pois, onde estiver o tesouro de uma pessoa lá vai estar seu coração, não adianta querermos servir por falar ou apenas escrevendo, mas sim por viver o direcionamentos de Deus.


Salmos 62
10 Não confieis na opressão, nem vos ensoberbeçais na rapina; se as vossas riquezas aumentam, não ponhais nelas o coração.

Provérbios. 16.
18. A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.

Provérbios 15:33

O temor do Senhor é a instrução da sabedoria, e precedendo a honra vai a humildade.


As riquezas não nos salvam, o poder não nos livra da morte e nem das doenças, a juventude não é certeza de vida longa, nem a velhice de sabedoria.


Que possamos direcionar nossas riquezas para junto de Deus, e assim, nosso coração vai estar no lugar correto, que é no Senhor. Que nada nos afaste do Senhor.  Nem as riquezas, o orgulho, os desejos, a família, os amigos ou o servir friamente, e nenhuma criatura. Pois somos propriedades de Deus, que possamos viver esta posse de Deus.


Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

terça-feira, 14 de abril de 2015

Simplicidade e Prudência em meio de Lobos

MATEUS 10 
16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas.


A paz do Senhor irmãos!


Uma visão interessante do Senhor ao comissionar seus escolhidos para obra, junto com a missão também lhes deus duas orientações:

1 - Para serem prudentes como as Serpentes 


As serpentes são animais dotados de pálpebras transparentes e desprovidos de canais auditivos, sendo capazes de sentir as vibrações do solo através do seu esqueleto. Possuem língua com duas ramificações (língua bífida), com a função de tato e olfato. Ao se locomoverem, as serpentes dão pequenos toques com a língua no chão para captarem pequenas partículas que, por sua vez, são colocadas em orifícios (conhecidos como órgão de Jacobson), que se localizam no céu da boca e estão ligados ao olfato. O órgão de Jacobson também é muito importante para seguir trilhas de presas.
http://www.mundoeducacao.com/biologia/serpentes.htm



Com todas estas características, mesmo sendo desprovidas de canais auditivos, as serpentes podem sentir as vibrações que se propagam pelo solo, também, através de uma função bem distinta de olfato, podem antecipar várias situações, inclusive de perigos, ficando alerta, podendo analisar suas próximas ações, em que ficam estáticas; se movem; ou, entram em posições de Ataque/Defesa; ou buscam proteção.

Assim deve ser o Cristão, pois, a Palavra de Deus nos alerta sobre diversas situações de perigo, e ao nos deparamos com ela, que sejamos prudentes, ou seja, não nos deixemos levar pelas circunstâncias, mas sim pela prudência. Prudentes para não cair nos engôdos do inimigo, seja em qual quer área de nossas vidas.

Com certeza todos temos uma área de nossas vidas ou mais de uma que somos mais atacados, e por sinal, é a área onde somos mais fracos, onde acreditamos que ainda não fomos atendidos da forma que queremos pelo Senhor, pois, muitas vezes não sabemos entender o tempo de Deus em nossas vidas, e ou, pedimos erradamente e assim não recebemos. E nesta inconstância de nossa fé, abrimos brechas para o ataque do inimigo. Nunca devemos nos achar tão fortes ao ponto de nos arriscar em todos os caminhos, se nos achegar muito próximo a beira, poderemos cair, sejamos prudentes.


Temos de ser prudentes como a serpente, não andarmos nos expondo de qualquer forma, procurarmos lugares seguros para passarmos o tempo, em nossas saídas necessárias do dia-a-dia, com os sentidos alertas e postos a detectar as ameças e os enredos bem conhecidos do inimigo. A prudência sempre nos afastará dos perigos, e dos riscos, aqueles que se arriscam confiando nas suas próprias forças e sabedoria, sem o direcionamento de Deus, acabam sendo derrotados.

Hebreus 5.
14 Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.


2 - Para serem Simples como a Pomba

Simples - Facilmente compreensível;. que vive ou se traja sem luxo; Singelo; humilde.

Este pássaro é muito sociável, pode viver junto com outros animais, mas nunca deixara suas características.

É utilizado para simbolizar o Espirito Santo de Deus, e também da paz.

A passagem deste ensino de Deus nos direciona para as formas que devemos nos portar ao transitar nos meios sociáveis, principalmente para dar testemunho de vida e poder pregar a Palavra de Deus. 

Que sejamos além de prudentes, simples no nosso trajar e viver, sem ostentações, sem arrogância, sem dificuldades no ensinar para que sejamos bem compreendidos, e acima de tudo sem malicia e maldade, pois o Senhor não se agrada de tais ações.

A simplicidade, Humildade e Mansidão são características que agradam a Deus, e o Senhor tem promessas maravilhosas para aqueles que vivem desta forma: O reino dos céus, sem choro, sem fome de justiça. MT 5: 1 ao 12.


Provérbios 15
33 O temor do SENHOR é a instrução da sabedoria, e diante da honra vai a humildade

Tiago 2
5 Ouvi, meus amados irmãos: Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé, e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?

João 14
23 Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.


Ao enviar seus discípulos, ao trabalho, ao mundo, o Senhor descreveu um cenário cheio ovelhas e de lobos, ou seja, cheio de perigos, fora e dentro das Igrejas, no Trabalho, nas Escolas,  nas ruas, seremos atacados, porém, o Senhor também nos ensina como transitar por entre estes perigos, seguindo as suas orientações e sendo compromissados com a missão.

Que possamos ser prudentes porém simples, pois, assim o Senhor nos ensina. Atentos para desviar do mal e servindo ao Senhor como servos úteis de forma simples e humilde.



Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

sábado, 4 de abril de 2015

Algumas Verdades

JOÃO 10
17  Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.
18  Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai.

A paz irmãos

Há muito que já ouvi e que ainda ouço, afirmarem, (Isso no meio cristão de uma forma geral, sem entrar no mérito das divisões que se fizeram e fazem no decorrer do tempo), que o diabo matou Jesus Cristo. 

Quando comecei a conhecer as Escrituras, "e ainda tenho tanto por conhecer" , não tinha o entendimento da dimensão de algumas verdades: do plano de Deus; do relacionamento de Deus com os homens; da permissão de Deus; da vontade de Deus; e até então, em algumas situações faltou-me fé no poder de Deus.

Mas em relação a Deus e suas criaturas, mesmo sem conhecimento das Escrituras, nunca consegui engolir uma afirmação, ou para muitos uma máxima que até hoje vive no entendimento de muitos, que Jesus Cristo foi morto. Que usaram de poder sobre sua vida, julgando e executando conforme suas vontades, e assim, cerceando a vida de nosso Salvador  ao seu bel-prazer.

Então, Ele não morreu?
Sim morreu.
Mas, se, e somente se, pela sua permissão assim como está descrito no vers. 18.  Jesus Cristo poderia ser "morto" se o mesmo permitisse.   Morreu  sim, mas porque Ele se entregou, aceitou ser sacrificado, por Amor de Deus a nós (JO 12 - 30 Respondeu Jesus, e disse: Não veio esta voz por amor de mim, mas por amor de vós.).  Isaías 53:7. Como cordeiro foi levado ao matadouro...

Os demônios ao depararem com Jesus Cristo clamavam por clemência e obedeciam as ordens para abandonarem suas vítimas. Como é que teriam poder para matá-lo?. 

Também, a morte não teria poder sobre o Criador, os homens não teriam poder sobre Jesus Cristo, até que tudo se cumprisse.  E tudo se cumpriu pela permissão de Deus. Se assim não fosse, não teriam colocado a mão sobre o Criador. João 1:1 ao 3.

Continua Morto?
Esta resposta todos sabemos. 
Não!  ele está vivo, como está escrito no versículo 18, somente ele tem o poder para entregar a vida e a toma-la de volta. E está a Destra do Pai. 

Outra verdade que precisamos entender.
A morte de Jesus Cristo não foi planejada pelo diabo e muito menos pelos homens, mas sim por Deus, o preço não foi pago a satanás em troca de  nossas vidas, o preço foi pago a Deus. Jesus Cristo veio por amor de Deus por nós, somos redimidos para Deus.

COLOSSENSES 1
20  E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus.


Quando pecamos nos afastamos de quem? de Deus - correto.
Então quando somos lavados pelo sangue de nosso Senhor Jesus Cristo, estamos sendo novamente preparados para nos apresentar a quem? a Deus. Por isso, o inimigo não tem poder sobre nossas vidas, mas sim Deus. 

Nenhum ser humano e nenhuma criatura poderia pagar este preço por nossas vidas e muito menos exigir um pagamento de tamanha proporção. Um preço para estarmos na presença de Deus, somente Ele Deus poderia pagar.


Estamos nas vésperas de mais uma páscoa. 
Passagem de Deus pela terra do Egito, passagem do povo de Deus da escravidão para a liberdade, a qual naquele tempo foi simbolizada pelo sacrifício de um cordeiro, cujo sangue foi colocado nos portais das casas, para servir de sinal. ( Êxodo 12 -12,13).


JOÃO 1
29 No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.


ISAÍAS 53 
1 QUEM deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do SENHOR?

2 Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.

3 Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.

4 Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.

5 Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.

7 Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.


JOÃO 3
16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.



1º CORÍNTIOS 5
7 Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós.
(Algumas traduções vem escrito "Nosso Cordeiro Pascal").

Por tanto recebemos o maior dos presentes, a vida de Jesus Cristo, para ser sacrificado pelas nossas vidas.

Páscoa está relacionada com o Plano de Deus para nossas vidas, para nossa Salvação. 

É uma data de remissão de nossos pecados, onde temos de deixar nossos velhos costumes para receber o novo cordeiro, agora este sendo o Filho de Deus, que veio ser imolado para nossas vidas serem preservadas. O seu sangue é por sinal em nossas "casas".

Por tanto, Páscoa não está relacionada com coelhos e ovos de chocolate, esta cultura é criação dos homens, distorcendo o real significado de uma ação de Deus pela preservação de nossas vidas.

As crianças são criadas dentro desta cultura, que perante a 'sociedade" está totalmente "legalizada" sou seja, quem não pratica, está fora da realidade atual da convivência e das relações sociais aceitáveis.

Pessoas de todas as idades, não somente crianças, podem ficar feridas sentimentalmente se o precioso ovo de chocolate for inferior ao de outra pessoa da mesma família, ou do mesmo círculo de amizades. Misericórdia.

O Sacrifício de Jesus Cristo pode ser deixado de lado e até esquecido, mas, o tão esperado ovo de chocolate, Não, este com certeza não.

Daqui alguma tempo, além dos Cristãos darem ovos de chocolate na Páscoa, também vestirão de papai noel para darem presentes no natal.( mais uma distorção do homem que prevalece sobre uma data referente ao plano de Deus e a Jesus Cristo).  Então confirmamos que a igreja está perdendo a influência no mundo, e o mundo, está ganhando influência na igreja.

Que possamos nos limpar do fermento velho, isto é, do quem vem do coração do homem. De culturas que nos afastam de Deus, distorcem os reais significados de ações e do plano de Deus para a humanidade. Devemos nos ater as ações e os reais significados do plano de Deus para nossas vidas. E ter em nossos corações o agradecimento verdadeiro por tudo que Deus faz por nós.


Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).