Quem sou eu

Minha foto
" 4 - Bem aventurado aquele a quem tu escolhes, e fazes chegar ati, para que habite em teus atrios; nós seremos fartos da bondade da tua casa e do teu santo templo. 5 - Com coisas tremendas em justiça nos responderás, ó Deus da nossa salvação; tu és a esperança de todas as extremidades da terra e daqueles que estão longe sobre o mar; " SALMO 65 (4;5)

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

APOCALIPSE - VIII PARTE

A paz do Senhor Irmãos!

Continuado a jornada,,…


PARTE VIII -  A queda da Babilônia.

Babilônia – A terra da idolatria e da rebeldia, onde foi construída a torre de Babel, monumento de rebelião, neste contexto refere-se a todo o reino mundial do anticristo, em todos os seus aspectos. Infestou o mundo com a prostituição espiritual, levado pelas paixões da carne, envolvidas pelas influências demoníacas, se afastando de Deus, dos preceitos do Senhor e do Caminho correto, da Verdade e da Vida.

 
No Capítulo 18 temos o cumprimento da 7ª Taça.

O Senhor já tem determinado e escrito todos os acontecimentos, desde antes da fundação do mundo, mesmo que o nosso intelecto não possa suportar, dimensionar ou entender tal afirmação, pois somos criaturas, não podemos vislumbrar a obra do Criador.

O castigo da cidade onde estará implantado o canal de prostituição espiritual, que também embebedará as nações economicamente levando aos homens uma vida extremamente materialista e inconseqüente, e os preceitos de Deus serão loucura para estes. Esta visão não parece muito difícil de ser observada em nossos dias. Pessoas vivem uma vida onde implícito dizem: Loucura são as ações daqueles que não querem viver as “convenções” materialistas do mundo.

Se não aceitamos viver e agir conforme a maioria acredita ser certa, logo somos taxados de várias formas e por vários nomes. Irmãos cuidado com a velha prática de levar vantagem, desde em as extremamente "pequenas" sem ter direito até desviar milhares de valores do destino final.

Hebreus 13 - 5 Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.

Com certeza, pecar, não é apenas: Matar, Roubar, adulterar etc. O viver a Palavra de Deus é um projeto para toda a vida, do qual não conseguiremos 100% mas temos de ter e nos esforçar por cumprir esta meta.

O Capitulo 18 faz a descrição da ruína da Cidade que provavelmente servirá de base para o governo do anticristo e ou da base da falsa religião, de onde a prostituição espiritual será disseminada para toda a terra. O texto fala de todas as vertentes, tanto religiosa quanto econômica.


Vers. 1,2,3.

Podemos observar o castigo de Deus sobre este governo e seus seguidores, as determinações e a soberania de Deus sendo cumpridas, onde aquela grande cidade passará a ser um lugar detestável e morada de tudo que for abominável.


Vers.4.

Mas em meio a esta jornada que iniciamos podemos mais uma vez testemunhar o tratamento do Senhor para com a humanidade, este trato nos dá todas as possibilidades de escolher o Senhor como nosso Caminho, Verdade e Vida, como nosso Salvador, aquele quem vem em nome de Deus, que entregou sua vida em sacrifício em troca de nossa redenção junto a Deus, e não nos deixa nenhuma forma e ou condição de dizer que não tivemos opção ou que não fomos alertados ou que o Senhor não deu condições para segui-lo. Teremos a Palavra do Senhor como testemunho sobre toda a humanidade, inclusive sobre nós.

A misericórdia do Senhor é grandiosa e única, pois no limiar da destruição o Senhor alerta, avisa e orienta para que aqueles que ainda resistem a este sistema e conserva no coração a esperança da Salvação no Senhor terá um escape se ouvir a voz de Deus, ordenando para que saiam do meio daquele sistema e não sejam cúmplices dos pecados e também no castigo.

Glórias a Deus que nos faz saber tuas palavras.

 
Vers. 9 a 19.

O texto mostra como será grande a influência daquela grande “Babilônia”, todos,(reis, governantes, líderes) que se envolveram, prostituíram, negociaram e firmaram compromisso ao verem sua destruição lamentarão e chorarão, pois, aquela fortaleza de estabilidade com a qual podiam contar, estará em ruínas, o porto seguro que conheciam será quebrado e julgado todas as suas ações malignas, por isso o Senhor alerta para que o povo que ainda guarda dentro de seus corações a vontade de servir e seguir ao Senhor que saiam daquele sistema, não amem a vida de idolatria, capitalismo, luxúrias, um viver sem os preceitos de Deus, sem um compromisso com aquilo que o Senhor nos determina.

Aqui a Escritura nos descreve a visão que o “mundo” aqueles que vão aderir e preferir seguir o sistema maligno do anticristo tem daquela cidade, o grande centro econômico, de onde o anticristo governará, a visão é de envolvimento total, pois em meio aquela destruição, estavam lamentando pelos negócios perdidos, pela perda do favorecimento dos capitais de giro fácil, pelo grande mercado de oportunidades sem “regras”, opulência, pela “riqueza” influencia e desenvolvimento que estavam perdendo, em nenhum momento deram glórias a Deus.

Gênesis 18 - 20 Disse mais o SENHOR: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito,
 
Apocalipse 18 - 5 porque os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou dos atos iníquos que ela praticou.

Assim como em Gênesis 18, O Senhor julgou os pecados de Sodoma e Gomorra, pela gravidade de suas ações e atitudes foram destruídos, assim também em Apocalipse 18 também chega o julgamento da cidade que vive em pecado. Nestes dois processos de execução de sentenças, o Senhor também concede misericórdia e salvação.

Interessante o diálogo entre Deus e Abraão, onde Abraão intercede por aquelas cidade, não diretamente pela cidade, mas, pelos possíveis justos que viviam lá, podemos observar neste diálogo a compaixão do Senhor, que por 10 justos, se estes existissem, não destruiriam aquelas cidades e seus habitantes, mas não foi encontrado tal pequeno número em meio as duas cidades.

Mesmo assim o Senhor concedeu o livramento a Jó e sua família, expandido aos dois futuros genros, se aceitassem a salvação e as palavras que Jó ouvira e transmitira.

Quantos de nós temos aceitado a Palavra de deus, dado ouvidos, temido pelo que está determinado sobre toda a terra? E quantos de nós temos feito como Jó fez, falado as pessoas sobre desígnios de Deus para o mundo, mesmo que façam como os genros de Jó fez e não aceitem nem ouçam, temos de fazer nossa parte.

Ezequiel 3

17 Filho do homem: Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; e tu da minha boca ouvirás a palavra e avisá-los-ás da minha parte.

18 Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniqüidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei.

19 Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniqüidade, mas tu livraste a tua alma.

Assim também o Senhor em Apocalipse 18 -4, concede compaixão e ordena que aqueles que ouvem e aceitem a palavra de Deus, e suas determinações saiam do meio do pecado.
Temos realmente que aceitar os desígnios do Senhor, para que possamos ser libertos da destruição desta terra, pois é certa e verdadeira. Quando começaremos a sair do pecado?
agora neste exato momento é um ótimo começo.!

Do versi. 21 ao 24 – Depois de tanta opulência e influência num período curto, onde os grandes mercadores, os grandes líderes mundiais, se enriqueceram com sua estrutura econômica/política, se prostituíram e viveram suas luxurias, deixaram suas imaginações mais abomináveis se concretizarem, observamos nestes versículos este grande império do mal se desfazendo, depois dos castigos do Senhor, e no limiar de sua destruição final o ápice do castigo daquela cidade será intenso e definitivo, como uma grande pedra lançada no mar, da qual ninguém mais verá, nem sinal haverá de sua existência.

 

Algumas observações:
1 – Os desígnios do Senhor serão cumpridos, nós aceitadomos ou não.

2 – A Revelação do Senhor foi transmitida e não voltará vazia

3 – O tempo dos eventos estão sendo cumpridos, sinalizações das peças finais

ja estão sendo transmitidas a nível mundial em discursos abertos sem ressalvas.

4 – Talvez não veremos todos eventos acontecerem, mas de qualquer forma

Teremos de prestar contas ao Senhor, quem viverá eternamente nesta terra?

A qualquer minuto o Senhor poderá pedir contas da nossa alma.

5 – Não nos enganemos, nossa carne luta contra as coisas de Deus, temos de ter consciência desta verdade, porém, não aceitar que as obras da carne prevaleçam sobre os frutos do espírito.

6 – Temos a salvação somente pela Graça de Deus no sacrifício de Jesus Cristo pelas nossas vidas.

7 – Jesus Cristo venceu eternamente.


Tudo está sobre o controle de Deus e sua Palavra será cumprida.

 

Glórias a Deus, Aleluias.!


Continua...


BIBLIOGRAFIA:


Bíblia de Estudo MARCATUR – Tradução de Almeida Revista e Atualizada.


Bíblia Sagrada– Tradução Revista e Corrigida – João Ferreira de Almeida. SBB.