Quem sou eu

Minha foto
" 4 - Bem aventurado aquele a quem tu escolhes, e fazes chegar ati, para que habite em teus atrios; nós seremos fartos da bondade da tua casa e do teu santo templo. 5 - Com coisas tremendas em justiça nos responderás, ó Deus da nossa salvação; tu és a esperança de todas as extremidades da terra e daqueles que estão longe sobre o mar; " SALMO 65 (4;5)

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

"A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel que significa ‘Deus conosco’



A paz do Senhor Irmãos..
Uma postagem do Irmão e Professor.
Vinicius Seabra.
"A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel que significa ‘Deus conosco’ (...) e ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria”.
Mateus 1:23
O nascimento de Jesus é celebrado pela sua importância soteriológica (i.e. salvífica). Naquele dia a humanidade descobriu o que significa “Deus amou o mundo de tal maneira” (cf. Jo. 3:16). De agora em diante teríamos um lugar para atracar nossas vidas. Este que nasceu levará sobre si mesmo nossas mais horrendas transgressões, Ele será “moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados” (cf. Is. 53:5). De agora em diante nossas almas poderiam descansar sob a justiça de Deus. A natividade trouxe mais que uma promessa futura de vida eterna, veio junto da sentença “não temas” (cf. Mt. 1:20). De agora em diante teríamos fé em dias de incertezas. O nascimento de Jesus trouxe Deus para perto de nós, não que Ele outrora estive inacessível, mas agora temos o Emanuel “Deus Conosco” (cf. Mt. 1:23). De agora em diante nunca mais estaríamos sozinhos. A natividade traz consigo todas estas dádivas, é Graça para gente sem graça.

O nascimento de Jesus também descortina outras visões redentoras, como por exemplo, a proposta de nascer numa manjedoura. Ao contrário do que encenamos como algo ruim e depreciativo, o fato de Cristo ter nascido entre os animais foi majestoso. O Deus encarnado escolheu vir ao mundo junto da criação, não apenas dos homens. Ele escolheu nascer num lugar democrático, onde animais e homens celebrassem o Redentor, pois “toda a criação geme” (cf. Rm. 8:22), então, “Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo” (cf. II Co. 5:19). O fato de não haver lugar na hospedaria não fora um golpe do destino nos planos de Deus, muito pelo contrário, era a intenção de Deus, demostrando que a criação precisa reconectar-se. Ali, animais e homens entenderiam que “tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor” (cf. Sl. 150:6). Não tinha lugar mais adequado para Ele nascer, a estrebaria seria o símbolo da nossa missão integral.

O nascimento de Jesus continua a fornece uma nova cosmovisão acerca do caráter de Deus e sua relevância integradora para nossas jornadas cristãs. Sendo assim, o Rei escolheu nascer junto à plebe revelando que a grandiosidade do Reino nada tem haver com privilégios exclusivistas exibicionistas. O Grande Eu Sou escolheu vir junto dos camponeses para que entendêssemos que “quem quiser tornar-se importante deverá ser servo” (cf. Mc. 10:43). Neste Reino do Emanuel não haverá lugar para diferenciação de classes sociais, somos uma irmandade. Não pode haver maiores. Não pode haver títulos. Não pode haver privilegiados. Não pode haver acumulo de riqueza. Não pode haver necessitados. Não pode haver desigualdade. O Rei deu-nos o exemplo a ser seguido e assim “olhando para Jesus, autor e consumador da fé” (cf. Hb. 12:2) podemos redescobrir nossa missão junto aos desafortunados, demonstrando que a Graça não é apenas um discurso natalino, mas é o marco regulador da nossa fé.

Fortalecido pela cruz de Cristo,
Vinicius Seabra.

Glórias a Deus Aleluia!

Que a Graça do Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo de Deus,
ilumine e nos fortaleça no Caminho do Senhor.

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho e a Verdade e a Vida.
Ninguém chega ao Pai se não for através, unicamente, de Jesus Cristo.(JO 14:6).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos orar
Soberano Deus e Eterno Pai! Entro em sua presença nesta hora, para pedir que abençoe essa pessoa que está orando comigo, Nas áreas: física, financeira, espiritual, conjugal, sentimental e familiar. Pai! Se por algum motivo, o inimigo estiver tramando algo, para atrapalhar os planos e sonhos dessa pessoa que é tão importante pra ti e para mim!
Nessa hora seja desfeito todo mal; em nome do Senhor Jesus Cristo; envia anjos ao redor da vida dela, e faz dela mais que vencedora...
Para que o nome do senhor seja glorificado através dessa oração.
( 1TIMÓTEO cap2- 1 ao 6 )